terça-feira, 8 de janeiro de 2008

De olhos fechados





Andamos às voltas sem saber que melodia combina com o nosso estado de espírito e assim, de repente, ouvimos palavras que nos parecem ter sido arrancadas, palavras que rimam mas que não fazem rimar as nossas vontades.

Todos nós temos aqueles instantes na vida que parecem intermináveis, que nos sufocam os desejos, que nos fazem perder outros instantes. Contemos com eles ou não, nunca os vemos chegar com alegria mas sim com tristeza no olhar e uma negra nuvem no coração.

Perguntamos porque nada bate certo, porque nos acontece precisamente o que nunca queremos, porque temos falta de sorte, porque estávamos ali naquele preciso minuto, porque não virámos costas, porque… porque… tantas coisas, tantas perguntas para apenas uma resposta… porque assim é a Vida!

Sorte… ou falta dela, das duas um pouco. Há quem a tenha a rodos, há quem a bafeje apenas e a perca tão depressa quanto uma breve aragem que apenas deixa um leve sopro no rosto e desaparece numa fracção de segundo. No fundo, é nessa fracção de segundo que apreendemos de chofre o que tínhamos dificuldade de enfrentar… mas que já sabíamos de olhos fechados…




4 comentários:

Triguinha disse...

Neste momento até ouço sininhos tocar!

É bom voltar a ler azul! ;)

E em relação à nossa mente... É mesmo muito... estranho o que conseguimos fazer...

Kisses
Triguinha

veni_vidi_scribi disse...

Sorte, sorte foi a nossa, em teres voltado! :)

Beijos

Excelsior disse...

...Oh, minha querida Mana Azul... :(

...Não... nunca sejamos fatalistas... Podemos chorar, bater com o joelho no chão... mas... são instantes. Se lições eles são, aprendemo-las, simplesmente. Depois levantamo-nos, recriando-nos, agarrando-nos ao que de Luz, a nossa vida tem... em essência, à Luz que somos...

...Texto muito, muito bonito, kakauzinha... mas esse sentimento, não combina com o teu rosto e olhar de eterna mocinha... Nele, combinam sentimentos de alegria, por tudo o que já foi alcançado e construido por ti. E nele, combinam também sonhos. Puros e plenos. :) E a sua realização...

:)

Beijinho, daqueles... já sabes: ENORME, Mana Azul.

kakauzinha disse...

Querida Triguinha, obrigada pelas palavrinhas doces, kissinhos da titi****

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Linda Menina dos Segredos,

Agradeço-te também o miminho, vamos ver o que sai daqui.

Bjufas azuis****

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Querido Mano Azul,

Chove no deserto, muitas nuvens negras a pairar no meu céu e ventos que me levam os sonhos. Mas já sabes como é, nada permanece...

Espero por melhores tempos...

Beijinhos azuis gigantes****