sábado, 14 de junho de 2008

Gota de tempo






... Estou fechada numa gota de tempo…
... Escondida de todos os mundos…
... Silenciosamente vagueando sem rumo…
... Pés descalços no calor de um sonho…







... Algures na sombra dos olhares…
... Toco suavemente o teu corpo…
... Beijo a tua alma como religião…
... Deito-me na palma da tua mão...
... E adormeço num gosto de amanhã.











Quarteto Jobim-Morelenbaum








12 comentários:

Jasmim disse...

Minha doce amiga...

Deixo um beijo doce neste teu sentir de pura beleza.

GMT *
:o)

LeniB disse...

quanta sensibilidade nestas palavras...
bjs

Cereja_Azul disse...

Querida Amiga
Nós de facto, talvez pela proximidade da idade, das semelhanças várias que temos, por exemplo duas filhas e uma neta :). encontro neste teu blog coisas que de facto amo!
Esta música "falando de amor", as fotos de bailado (ó que saudades das minhas aulas), as frases, os poemas...
Arranjaste mais uma assidua cusca deste blog ;)
Beijo azul duma cereja da mesma cor

Amante da Vida disse...

Ai esta um blog que espalha talento e muito bom gosto. Talento nas palavras e na apresentação.

Prometo ser assiduo nas visitas pois gostei muito do que vi e ouvi.

Um Beijo

D.Antónia Ferreirinha disse...

As imagens para o movimento estão publicadas.
Embora tenha uma opinião formada, gostaria de ler a vossa.
Beijinho e bom domingo.

Só Eu disse...

Asminhas mãos, rudes de tantos ventos, salgadas de tantos mares, são enormes...
Podes deitar-te nelas. Eu embalo-te e deixo-te dormir.
Muito bonito o teu poema (Como sempre...)
Beijinhos com muita ternura

D.Antónia Ferreirinha disse...

A VITA DO BLOGUE:http://ternuradosquarenta.blogspot.com/, está a fazer umas faixas giras com as cores do blogue de cada um, relacionadas com o movimento.
Espreita e se quiseres pede.
Beijinho.

D.Antónia Ferreirinha disse...

O amor é tão lindo.
Gostei de ler.
Beijinho.

Pipinha disse...

Querida, doce e linda amiga, embalada nesta bonita música de amor, te deixo um abraço cheio de carinho, paz e alegria.
Boa semaninha!
Muitos beijinhos carinhosos.

f@ disse...

Inutil esconderijo...
porque não te fechas
nem há silêncios
nos pés de quem valsa no sonho
assim de olhos doces...
beijinhos das nuvens

Pjsoueu disse...

kakauzinha:
Ao caminhar entre poemas nas esquinas do seu sentir "amei cada detalhe prazeiroso de quem na beleza sabe amar....

Coragem disse...

Lindo mesmo,

"Estou fechada numa gota de tempo"...


Este Tempo, que não nos liberta.

Adorei.

Bjs