segunda-feira, 2 de junho de 2008

"Intervalo"




Sempre que escolhes uma música para mim…
Esqueço o mundo lá fora…
Oiço…
Entendo…
Sei.

Quando escrevo aqui…
Não é um intervalo na vida…
É um desenho de amor...
Imaginado em letras azuis…
Para Ti♥




.*.*.De Ti para Mim.*.*.

Per7ume - Intervalo (Rui Veloso)



Vida em câmara lenta,
Oito ou oitenta,
Sinto que vou emergir,
Já sei de cor todas as canções de amor,
Para a conquista partir.

Diz que tenho sal,
Não me deixes mal,
Não me deixes…

No livro que eu não li,
No filme que eu não vi,
Na foto onde eu não entrei,
Notícia do jornal
O quadro minimal…
Sou eu…

Vida à média rés,
Levanta os pés
Não vás em futebóis, apesar…
Do intervalo, que é quando eu falo,
Para não me incomodar.

Diz que tenho sal,
Não me deixes mal,
Não me deixes…

No livro que eu não li,
No filme que eu não vi,
Na foto onde eu não entrei,
Notícia do jornal
O quadro minimal…
Sou eu…

Não me deixes já
História que não terminou
Não me deixes…

No livro que eu não li,
No filme que eu não vi,
Na foto onde eu não entrei,
Notícia do jornal
O quadro minimal…
Sou eu…

No livro que eu não li,
No filme que eu não vi,
Na foto onde eu não entrei,
Notícia do jornal
O quadro minimal…
Sou eu…


8 comentários:

Maria Clarinda disse...

Simplesmete perdi as palavras para te dizer o quão lindo é o teu poema, e o do Rui Veloso, já para não falas nas imagens!!!

Momentos sempre mágicos.

(nâo sei porquê os ultimos comentários que tenho recebido não ficam no post, chegam até mim através do mail apenas).
Daí o teu não ter lá ficado.
Jinhos

Angel of Light disse...

Querida... disseste-me que querias muito falar comigo! Do que estás à espera? Faz um intervalinho e força... para o e-mail.

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Só Eu disse...

"um desenho de amor...imaginado em letras azuis...
Tão lindo! (tão azul...)
Não faças nunca intervalos na vida. Vive-a intensamente (e escreve essas vivências...)
Continuo fã

Fernando Rodrigues disse...

Lindissimo, as imagens a musica do Rui, tudo perfeito

bjito

f@ disse...

"INTERVALO" PARA UM KAKAU PERFUMADO BEIJINHOS DAS NUVENS

Sereia* disse...

Adoro esta música desde a primeira vez que a ouvi na rádio.

desde que estou a visitar o blog já tocou 3 vezes...

Kakauzinha, Adorei este intervalo.
Volte sempre aos intervalos e ás letras azuis.

Com esse Amor no peito e na alma.

Beijos de Sereia*

LeniB disse...

mais um delicioso poema, sempre com esse aroma a kakau, a que já nos habituaste...
bjs

Auréola Branca disse...

Kakau...

Encontramos pessoas no nosso caminho, muitas delas não fazem importância, mas muitas delas também nos deixam marcas profundas.

Vc faz a diferença, sabia? Aqui, sinto-me protegida.

Abraços...