sábado, 10 de novembro de 2007

Simplicidade






A simplicidade de sermos nós próprios…
Com o que temos de bom e o que temos de mau…
Com os nossos defeitos e as nossas qualidades…
O que sabemos e o que não sabemos…
O que já aprendemos na nossa vida…
Tudo o que ainda falta para aprender…

Somos o que somos e assim temos de ser aceites…
Não podemos ser mais… nem menos…
Temos de ser apenas e simplesmente nós…
Trilhando o caminho da transparência…
Fazendo da verdade o nosso baluarte…
A cada dia e todos os dias da nossa existência…
Só assim poderemos estar em paz…
Só assim poderemos sorrir para o horizonte...






E à noite, ao chegar a hora dos sonhos azuis…
A sós com os nossos pensamentos…
Fazendo de cada lágrima um raio de luz…
E da tristeza um ramo de esperança…
Cada um de nós poderá dizer para os seus botões…
Eu... sou apenas eu.



6 comentários:

veni_vidi_scribi disse...

"Fazendo de cada lágrima um raio de luz…"

Todas as lágrimas deveriam ser assim... As minhas noites seriam, sem dúvida, muito mais brilhantes...

Gostei deste espaço. Obrigada por partilhares comigo as tuas palavras e por mas dares a conhecer :) A minha noite será, com certeza, muito mais azul.

E se me permitires a ousadia, também vou adicionar o teu cantinho às minhas visitas "de se lhe tirar o chapéu" :)

Bjs e muitos pensamentos azuis...

Excelsior disse...

Verdade em todas as suas formas.

Perante o que nos rodeia.

Perante nós mesmos.

Que nos dá a verdadeira liberdade para fluir, pela vida fora. Sem grilhões ou pesos.

Por demais belo, terna Mana Azul.

Adorei sentir a vibração do que construiste neste texto...

Uma firme e Azul verdade... numa essência de Verde.

:)

Um beijinho muito grande.

*

kakauzinha disse...

Linda Menina dos Bonés,

Muito agradecida pela tua visita e pelas tuas palavras. E muitas "viagens" farei eu aos teus sensatos bonés para ler as magias da tua maravilhosa cartola.

Um beijinho muito grande e muito azul, sorrisos * :)))))

kakauzinha disse...

Querido Mano Azul,

Sempre no caminho de uma cristalina e azul Verdade assim vamos nós, tentanto fugir aos desvios para nunca nos esquecermos da nossa frágil condição humana e da nossa humildade.

Giant blue kiss, giant blue smile *:)

Jasmim disse...

Meu docinho de kakau...

Há momentos, em momentos, que necessitamos de sentir mesmo que atraves da leitura seja, algo de belo, algo de verdade pura, para que nos vejamos reflectidos em doces e serenos sentires...

Hoje, agora, neste preciso instante, necessitava de algo assim!

Entrei aqui, li, pensei, interiorizei cada letrinha tua, e saio de sorriso no rosto, sorriso na alma...

E penso que nada mais vale a pena dizer!

Um beijo imenso em ti, (merci por este momento)

GMT
*****

kakauzinha disse...

Minha querida e aromática docinha,

Deixas-me de sorriso e contentamento gigantes pelas minhas singelas letrinhas terem esse efeito.

Um beijo enorme, um xi muito apertadinho em Tu*******:)))))