sábado, 18 de agosto de 2007

Perdoar



Temos de saber perdoar para podermos ser perdoados.

Perdoar é um saber conquistado à custa de lágrimas e de sacrifício… para que um dia alguém nos possa perdoar também.

Já perdoei, já fui perdoada, e esse sentimento nobre que liberta a alma de um fardo difícil de carregar é um bálsamo para as nossas feridas.

Por vezes pedem-nos perdão com palavras, outras apenas com um terno olhar envergonhado, um abraço, um beijo, silêncios que valem mais do que sons.

É assim que entendemos tantos momentos maus, afastados pela mão que agarra a nossa com carinho, com segredos que sabemos sem serem ditos.

É a Ti que hoje perdoo… e sigo contigo numa estrada de mil cores… neste deserto meu e teu.





10 comentários:

NETMITO disse...

Perdoar é um caminho que se abre para amar...
Beijinhos****)

NETMITO disse...

Perdoar é um caminho que se abre para amar...
Beijinhos****)

kakauzinha disse...

netmito,

É verdade, por isso perdoo, porque jamais quero deixar de amar.

kissinhos 4 U****:))))

O Profeta disse...

Sem asas o pássaro fica preso
À terra prenhe e fria, a nostalgia
Sonhas com anjos negros no azul
Voando ao fim do dia


Profético beijo

kakauzinha disse...

O Profeta,

Bem-vindo ao meu deserto.

Obrigada pela tua visita e como entendo as tuas palavras!

Um beijinho******:)))

Um Momento disse...

Sabes...
Eu nunca perdoei ninguém...ou secalhar perdoo inconscientemente
Sei que é estranho
Mas quando me fazem mal, apenas desejo o bem da pessoa
Para que nunca passe por aquilo que passei, ou que me fez passar
Acredites ou não, sou assim
Fico triste , choro, mas ñ sinto necessidade de perdoar,
talvez porque nada haja a perdoar , sei lá
( um dia ainda vou tentar perceber-me)
Um beijo grande!!!

(*)

kakauzinha disse...

Querida Um Momento,

Se apenas desejas o bem de quem te faz mal é porque perdoas.

À medida que envelhecemos damos cada vez mais valor ao perdão, tanto para nós como para quem nos maltrata. Só assim conseguimos virar mais uma página deste estranho e complexo livro que é a nossa vida.

Um xi, um sorriso*****:)))))

Excelsior disse...

Perdoar não é esquecer. Nem aceitar.

Mas sim, perdoar é algo que deve ser feito. Sempre. Pela nossa Alma, eleveza que lhe confere.

Beijinho, kakauzinha.

kakauzinha disse...

Excelsior,

Por vezes o perdão inclui o esquecimento, outras vezes não, depende das situações. Em todo o caso, é sempre uma forma de avançarmos e deixarmos para trás certas feridas.

Beijinho e um xi pa tu******:))))

Jasmim disse...

Saber perdoar...é fundamental para a tranquilidade e serenidade da nossa alma...(penso eu)

Até hoje ainda não tive de perdoar nem ser perdoada (acho que sou alguém cheia de sorte, espero que não me aconteça...(ou talvez espero muito que sim, será mais um "espasmo" de crescimento, de prova à minha capacidade...)e não sei se vou saber fazê-lo...)

Sou, ou melhor eu mesma me "rotulo" em ser uma pessoa de extremos (talvez por ainda não ter atingido um estádio elevado de maturidade) não sei, se Amar e Odiar sem a existência do meio termo, será algo que mude, que se modifique consoante o "sazonamento" da pessoa ou se está na sua personalidade!

Confesso que receio um dia deparar-me com uma situação inevitavel ao perdão e não ser capaz de perdoar...preocupa-me!

Isto sendo o "Perdão" um conceito de "peso"...As desculpas triviais essas até hoje têm-me sido fácil pedir e aceitar...

(Kakauzinha, fiquei com a sensação que ao invés de me explicar, compliquei...)

:O?
Beijinho doce, minha linda