quarta-feira, 5 de setembro de 2007

For Good


O tempo vai passando… lentamente…
Levando memórias… rostos… instantes…
Desvanecendo feridas… e desgostos…
Deixando cicatrizes…. no corpo… na alma…

O tempo vai passando… lentamente…
Mas há memórias… rostos… momentos…
Que ficam… que não se podem esquecer…
Porque fazem parte de quem sou… como sou…

Tu ficaste aqui… guardado… para sempre…
O tempo te levou… para longe de mim…
A vida colocou um oceano entre nós…
E passaram-se três anos… de silêncio…

O tempo vai passando… lentamente…
E neste vazio que trago em mim…
Só as saudades te culpam… sem querer...
Porque a culpa não faz parte de Ti…

Tu não fazes parte da minha vida…
Tu foste… És… e sempre serás a minha vida…
E é em Ti que me abrigo… do tempo que passa…
Fazendo de Ti o meu mais lindo sonho…

Foste a realidade de um tempo que passou…
Vivida com uma emoção nunca sentida…
Com o Amor que só se sente uma vez… no tempo…
Com a Paixão que queima o coração…

O tempo pode passar… lenta ou velozmente…
Mas Tu aqui estás… como sempre estiveste…
Gravado num sorriso luminoso… de ternura…
Num abraço quente… forte… poderoso…
Num beijo eternamente lembrado…
Em todos os beijos que não mais demos…
E que queríamos dar… uma e outra vez… desejados…
O tempo… a vida… ri-se de nós… sem piedade…
Tantas voltas nos troca… sem querermos…
Bonecos de fios que somos nas suas mãos…

Nesta minha solidão… o tempo vai passando… lentamente…
Vou contando os anos que me separaram do Sonho…
Que quase foi cumprido… ali tão perto… na palma da mão…
E que … mais uma vez… se esfumou no tempo…
Com um sorriso Te trago dentro de mim…
Com um beijo que é só Teu… e só Teu…
As minhas mãos estendem-se para Ti…
Te agradeço por seres quem és… como és…
Por me teres amado… por me amares…
Neste nosso Sim para toda a vida…
Na alegria e na tristeza…
Até que a morte nos separe…

E para lá da morte…
Eternamente… e para sempre…




How do I love thee? Let me count the ways.
I love thee to the depth and breadth and height
My soul can reach, when feeling out of sight
For the ends of Being and ideal Grace.
I love thee to the level of everyday's
Most quiet need, by sun and candle-light.
I love thee freely, as men strive for Right;
I love thee purely, as they turn from Praise.
I love thee with the passion put to use
In my old griefs, and with my childhood's faith.
I love thee with a love I seemed to lose
With my lost saints, -I love thee with the breath,
Smiles, tears, of all my life! - And, if God choose,
I shall but love thee better after death.

Sonnet XLIII, Elizabeth Barret Browning


I've heard it said
That people come into our lives for a reason
Bringing something we must learn
And we are led
To those who help us most to grow
If we let them
And we help them in return
Well, I don't know if I believe that's true
But I know I'm who I am today
Because I knew you
Like a comet pulled from orbit
As it passes a sun
Like a stream that meets a boulder
Halfway through the wood
Who can say if I've been changed for the better?
But because I knew you
I have been changed for good
It well may be
That we will never meet again
In this lifetime
So let me say before we part
So much of meIs made of what
I learned from you
You'll be with me
Like a handprint on my heart
And now whatever way our stories end
I know you have re-written mine
By being my friend
Like a ship blown from its mooring
By a wind off the sea
Like a seed dropped by a sky bird
In a distant wood
Who can say if I've been changed for the better?
But because I knew you
Because I knew you
I have been changed for good
And just to clear the air
I ask forgiveness
For the things I've done you blame me for
But then, I guess we know
There's blame to share
And none of it seems to matter anymore

Like a comet pulled from orbit as it passes the sun
Like a stream the meets a boulder halfway through the wood
Like a ship blown from its mooring by a wind off the sea
Like a seed dropped by a bird in the wood
Who can say if I've been changed for the better?
I do believe I have been changed for the better
And because I knew you
Because I knew you
Because I knew you
I have been changed For Good.


For Good
, Wicked



9 comentários:

Jasmim disse...

Shhhhhhhh....

Devagarinho, docemente, sem fazer barulho para não "estragar" toda esta beleza de palavras...

Deixo um beijo no aconchego de um afago...

shhhhhhhhhh...

(saindo....)

*

Only Me... disse...

Deliciosa leitura..

voltarei.. ah e já a linkei ao meu :)

Beijinho sentido:)

kapinha disse...

kakauzinha estou de passagem para te deixar um enorme beijo
E agora, sem mais tempo me vou com muita vontade de ca voltar para te le.
beijo grande

kapinha disse...

Ja agora: nao voltarei para te "le" mas sim para te ler.
eheheh beijo

kakauzinha disse...

Querida Jasmim

Memórias... de Amor... do verdadeiro...

(*):)

kakauzinha disse...

only me,

Obrigada, um beijinho grande.

:))))

kakauzinha disse...

Meu manelucho mai lindo da xeninha, um beijo gigante pa tu

******:)))))))))))

Um Momento disse...

E o tempo vai passando...
Passando...
Passando...
(*)

kakauzinha disse...

Um Momento

E eu gosto de te ver passar por aqui!

Beijo em tu*****:)))))